Personal Victor

O que é HIIT???

Muito se fala em HIIT. Mas, afinal, o que é?


Por: Victor Lima

O que é HIIT???

O significado seria High Intensity Interval Training, ou seja, Treinamento Intervalado de Alta Intensidade.

Existem vários ou um só? Na verdade, qualquer treinamento que intercale alta com baixa intensidade pode ser considerado HIIT, porém vários pesquisadores têm estudado e criado alguns protocolos. Mostrarei alguns deles:

  • Bartlett, 2011: 6 ciclos: 3min moderado x 3min fraco, (este, na verdade, não pode ser considerado HIIT uma vez que não usa alta intensidade, apesar de ter gerado resultados semelhantes).

  • Little em 2011 desenvolveu um HIIT que consistia em 10 ciclos: 1min forte x 1min fraco (20min total).

  • Tabata, 1996, um dos mais famosos, consiste em 8 ciclos: 20s forte x 10s fraco (total 4min).

Esse é um método novo? Na verdade, não. Já foram encontrados relatos por volta de 2 600 a.C., nas civilizações da China, Índia e Egito. Esse conceito se desenvolveu pela prática grega. Foram eles os responsáveis pelo surgimento das primeiras escolas destinadas à preparação de atletas, onde, na época Platão e Aristóteles, já salientavam a beleza por meio dos movimentos corporais. Na verdade, seus principais objetivos eram militares, visando preparar melhor seus exércitos.

Mais recentemente, na fase renascentista, ressurgiu como treinamento voltado para a manutenção da saúde do indivíduo, descrita na obra "Arte Ginástica", de Jeronimus Mercurialis.

Por volta do século XVIII, recuperou-se e desenvolveu-se. Inúmeros educadores voltaram-se para a prática esportiva, entre eles destacaram-se o espanhol Francisco Amoros, o alemão Friedrich Ludwig Jahn, o sueco Pehr Henrik Ling e o dinamarquês Niels Bukh.

O treinamento intervalado mais sistematizado, porém, surgiu com Wondemar Gerschler por volta de 1939. Em 1952, o fisiologista alemão Herbert Reidell deu ao treinamento intervalado sua forma atual, acoplando ao método uma boa base fisiológica. Assim, pode-se perceber que o HIIT não é um sistema novo, mas sim uma reinvenção.

Stavrinou et al. (2018) compararam os efeitos de treinar HIIT 2 ou 3 vezes por semana em pessoas jovens. Os treinos eram feitos na bicicleta com 10 tiros de 1 minuto (~83% da potência máxima alcançada no teste) intercalados por 1 de descanso. Não houve mudanças nos hábitos alimentares ao longo do estudo. Após 8 semanas, as melhoras na capacidade cardiorrespiratória (aumento de VO2pico) foram similares nos dois grupos. Os dois grupos também reduziram a cintura e ganharam massa muscular de maneira similar e melhoraram aspectos da saúde mental e qualidade de vida. Já nas avaliações de composição corporal, os dois grupos perderam gordura, mas a perda foi maior naqueles que fizeram o treino 3 vezes por semana.

Tempo de intervalo inferior a 30s parece promover uma redução no desempenho com o passar dos esforços (Woottom & Williams,1983) e (Balsom, 1992). A intensidade do treino também deve ser considerada quando o tempo de treino planejado é maior.

#teamvictorlima

Bons treinos.

Referências:
Jason L. Talanian. Two weeks of high-intensity aerobic interval training increases the capacity for fat oxidation during exercise in women. J Appl Physiol 2007